Politintas leva mais cor para Vitória

A empresa firmou parceria com o projeto Caminhando Juntos (CaJun) e doou material para a produção de painéis de graffiti em 13 bairros da capital.

A Politintas firmou parceria com o projeto Caminhando Juntos (CaJun) e doou latas de spray e outros materiais necessários para a produção de painéis de graffiti pelos 13 bairros de Vitória atendidos pelo programa.

Segundo Julio Barros, articulador cultural do CaJun, a ação marcou o mês em que se comemora o Dia Nacional de Enfrentamento ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes – a data é celebrada no dia 18 de maio.

“Fizemos 13 intervenções urbanas nas comunidades onde funcionam as unidades do CaJun, retratando o tema de forma artística. A intenção foi chamar a atenção da sociedade e dar visibilidade a essa questão tão importante”, explicou.

Crianças e adolescentes atendidos pelo CaJun foram acompanhados por facilitadores para produzir os painéis, pintados entre os dias 14 e 18 de maio. Para Julio, o graffiti, além de contribuir para a humanização do ambiente das comunidades, servirá como um memorial que fortalecerá a consciência de proteção aos direitos de crianças e adolescentes.

Ele destacou a importância de ser parceiro de uma empresa como a Politintas. “A parceria nos ajudou a manter a qualidade dos atendimentos e auxiliou em nossa missão de garantir os direitos das crianças e dos adolescentes em risco e vulnerabilidade social, por meio de atividades culturais que despertem e aperfeiçoem o fazer artístico, somando à formação de cidadãos esclarecidos e conscientes de seus direitos e deveres”.

Para o diretor-executivo da Politintas, Vinicius Ventorim, ações como essas são muito bem-vindas. “A Politintas tem como propósito melhorar a vida das pessoas por meio da pintura. Ao contribuir com um projeto que fomenta a arte de rua e que ajudará a deixar as comunidades ainda mais bonitas e coloridas estamos reafirmando esse nosso compromisso com a sociedade”, afirmou.

Saiba mais sobre o CaJun

Voltado para a promoção da cultura, do esporte e da inclusão social, o CaJun atende 1.700 crianças e adolescentes de 6 a 15 anos que moram em Vitória. O objetivo é desenvolver o potencial dos pequenos, promovendo a autoestima e fortalecendo o vínculo com suas famílias, a escola e a comunidade.

São 13 unidades: Andorinhas, Bela Vista, Bonfim, Caratoíra, Consolação, Engenharia/Itararé, Jaburu, Morro do Quadro, Nova Palestina, Praia do Suá, Romão, Santo André e Sólon Borges. Elas oferecem, gratuitamente, oficinas de artes visuais, capoeira, circo, dança, música e jogos, além de recreação. O projeto é administrado pelo Instituto Gênesis por meio de um termo de colaboração com a Prefeitura de Vitória.

Confira as fotos

Já viu essas notícias?