Passarela da Ponte da Passagem ganha novas cores

A Politintas, em parceria com a Sherwin-Williams, convidou o artista gráfico AQI Luciano para pintar dois murais na passarela utilizada por pedestres.

A cidade de Vitória vai ficar ainda mais colorida com o novo projeto de intervenção urbana realizado pela Politintas, em parceira com a Sherwin-Williams. A passarela da Ponte da Passagem, que liga as avenidas Reta da Penha e Fernando Ferrari, está ganhando novas cores pelas mãos do artista gráfico AQI Luciano.

Serão pintados dois grandes murais: um deles com frente para a pista e o outro para o Canal de Camburi. O espaço está sendo revitalizado com desenhos cheios de cor e muita arte.

Segundo o diretor-executivo da Politintas, Vinicius Ventorim, um dos murais terá 26 metros de comprimento, enquanto o outro terá 33 metros. “Nossa proposta com mais essa interferência artística na paisagem de Vitória é deixar a cidade ainda mais bonita e colorida. O local tem grande visibilidade e promete chamar a atenção de quem passar pela região”.

O artista AQI Luciano já iniciou a pintura, que tem como base tinta spray e acrílica. São cerca de dez horas diárias de trabalho que contará com a utilização de aproximadamente 350 latas de spray Arte Urbana, nas cores preta, cinza, roxa, azul, verde, tangerina, rosa, entre outras.

Ponte da Passagem ganha novas cores

Todo o material usado na intervenção artística foi doado pela Politintas, em parceria com a Sherwin-Williams. A expectativa é de que pintura dos painéis seja concluída até o final deste mês.

Expressão artística na Ponte da Passagem

Segundo AQI Luciano, os painéis vão apresentar trabalhos autorais, que já são uma marca do artista. “Normalmente, trabalho com rostos e elementos geométricos e abstratos. O mural também terá uma mão colorida que representa as inspirações artísticas. No layout, ela faz um bico de lata de spray levantar voo: uma asa está boa para voar e a outra fraquejada, representando as ações artísticas e culturais do Espírito Santo”, explicou o artista.

Segundo AQI Luciano, a ideia é transmitir a mensagem de que a arte edifica e que ainda há tempo para que as pessoas a compreendam e a valorizem. “Acho muito importante a interação entre a arte e a sociedade no cotidiano frenético das cidades. A revitalização dos espaços públicos, por meio da propagação da arte, faz um bem enorme às pessoas”, afirmou.

Já viu essas notícias?