Na Politintas você só encontra tintas originais

Cuidado com tintas muito baratas, pois os componentes usados na sua manipulação podem não ser os originais, o que compromete a durabilidade e a beleza da pintura.

Antes de adquirir um produto, nós sempre queremos saber a sua procedência e se tem boa qualidade, não é mesmo? Pois na hora de você escolher a tinta que vai decorar e renovar a sua casa, não pode ser diferente. A tinta precisa ser original e ter qualidade para garantir maior durabilidade da pintura e deixar os ambientes mais bonitos.

Por isso, a Politintas faz questão de só vender tintas originais. Todos os componentes usados na manipulação da tinta, como a base e os corantes, são os originais dos fabricantes. Além disso, seguimos exatamente a fórmula indicada por cada marca.

Na Politintas você só encontra Tintas originais

Exija produtos originais!

Para ter certeza de que a tinta que você está comprando é realmente original e que sua pigmentação será feita corretamente, é preciso ficar atento a três itens.

  1. O primeiro deles está relacionando ao corante. Somente o corante original de fábrica poderá garantir a fidelidade da cor escolhida, além da durabilidade e do rendimento esperados. Existem no mercado produtos genéricos que podem causar problemas de desbotamento, baixa cobertura, além de diferença na cor escolhida. E atenção: os fabricantes não garantem a qualidade e a eficiência de produtos pigmentados com corantes genéricos ou falsificados. Portanto, quem compra esse tipo de tinta não terá nenhuma garantia do produto que levar para casa.
  2. O segundo é o uso da base correta que será manipulada. Cada tinta tem uma base específica para ela, ou seja, cada fórmula tem uma base determinada pelo fabricante para gerar um produto de qualidade. Um dos recursos que estão sendo utilizados para reduzir o valor da tinta é trocar a base indicada por uma outra mais barata. A consequência disso será alteração na cor, além da redução da cobertura e do rendimento. Para não ser enganado, o cliente pode verificar na etiqueta do produto qual foi a base utilizada.
  3. Já o terceiro item diz respeito à manipulação de uma tinta que não foi feita para ser base. Nesse caso, a base pode ser substituída por um produto de uma marca diferente do que a pessoa comprou. Ou então, pode haver a pigmentação de um produto que originalmente não é uma base, como por exemplo, uma tinta para piso. Essa troca de um produto por outro lesiona o cliente, pois ele vai levar para casa uma tinta com problema de fidelidade de cor e desbotamento.

 

Acompanhe o processo de pigmentação

Uma boa dica para evitar a adulteração dos produtos é acompanhar o processo de pigmentação. Na Politintas, o cliente pode ter acesso ao laboratório de manipulação, o que permite que ele veja os produtos que são usados.

Fique atento com as tintas não originais

Seja você pintor ou cliente final, fique atento e desconfie ao encontrar tintas com preço muito abaixo do mercado, pois a chance de o produto ser adulterado é bem alta.

Na hora de comprar tinta, procure sempre uma loja de confiança. Caso contrário, o barato pode sair caro e ainda te dar muita dor de cabeça.

Infelizmente, a venda de tintas adulteradas tem sido uma prática recorrente no mercado. Isso lesa consumidores, que compram produtos não originais; pintores, que precisam trabalhar mais para executar o trabalho contratado; e também o mercado, que é penalizado pela concorrência desleal.

Já viu essas notícias?