Politintas contrata Fundação Dom Cabral e se prepara para crescer mais

Por meio do Paex, a Politintas passa a trocar experiências com participantes, professores, organizações e outras escolas de negócios, tendo acesso a modernas ferramentas de gestão que podem ser aplicadas na prática dentro da empresa.

A Politintas contratou a Fundação Dom Cabral (FDC) para aprimorar suas técnicas e estratégias de gestão e agora participa do programa Paex (Parceiros para a Excelência). A parceria não poderia ser melhor: a maior rede de lojas de tintas capixaba se associa à 8ª melhor escola de negócios do mundo para crescer ainda mais no Espírito Santo.

Por meio do Paex, a Politintas passa a trocar experiências com participantes, professores, organizações e outras escolas de negócios, tendo acesso a modernas ferramentas de gestão que podem ser aplicadas na prática dentro da empresa. O objetivo é implementar um modelo de gestão com foco em melhoria de resultados e aumento de competitividade.

“Esse intercâmbio permite a geração coletiva de conhecimento, ao mesmo tempo em que são preservadas as identidades das organizações e as peculiaridades dos segmentos em que elas atuam. Por isso, acreditamos que o Paex é um grande diferencial da Politintas no mercado”, enfatiza o diretor da Politintas, Vinicius Ventorim.

Referência internacional, a FDC figura pelo terceiro ano consecutivo (2010, 2011 e 2012) como a melhor instituição de educação executiva da América Latina pela revista América Economía e recebe cerca de 30 mil executivos por ano.

Uma vez por mês, um professor da fundação visita a Politintas e se reúne com o grupo de gestão para acompanhar os trabalhos presencialmente e criar um sistema de indicadores para que seja possível verificar o desempenho da empresa e das equipes.

Além disso, os profissionais da Politintas que participam do projeto tornam-se multiplicadores, uma vez que têm a missão de compartilhar com os demais colaboradores o conhecimento adquirido junto aos especialistas da FDC. “Tais práticas, associadas ao realinhamento das estratégias da empresa, contribuem para que a médio e longo prazo a Politintas cresça de maneira estruturada, mantendo-se como referência no setor de tintas no Espírito Santo”, assegura Vinicius Ventorim.

Já viu essas notícias?