Politintas apresenta as principais tendências de cores para 2016

A empresa reuniu as três maiores fabricantes de tinta do Brasil, que apontaram as tonalidades que estão fazendo sucesso neste ano.

Os principais nomes da arquitetura, decoração e design do Espírito Santo participaram do workshop “Tendências de Cores 2016”, que a Politintas realizou no último dia 31 de março, no Hotel Comfort Suites, em Vitória.

Duzentos profissionais convidados e estudantes do último período de Arquitetura participaram do evento e puderam se inspirar com as paletas de cores apresentadas por especialistas das empresas Suvinil, Sherwin-Williams e Coral.

Água-Marinha

A pesquisadora de tendências e consultora de cores Ana Kreutzer iniciou o workshop e falou do estudo anual de tendências da Suvinil. Durante três anos, ela desenvolveu portfólios de cor, pesquisas e palestras para a marca, acumulando muita experiência no assunto.

água marinha cor do ano Suvinil

Segundo Ana, o verde Água-Marinha é a cor eleita pela Suvinil para 2016, uma tonalidade que transmite equilíbrio, tranquilidade e segurança.

Ao todo, a Suvinil selecionou três temas para este ano: “Substancial”, “Dinâmico” e “Complementar”. O Água-Marinha – que faz parte da paleta “Substancial” – traz a ideia do verde iluminado e contemplativo do mar do Caribe e ainda o verde utilizado na arquitetura Art Déco, inspiração recorrente no design. É também uma variação de tonalidade da pedra de mesmo nome, representante da tropicalidade brasileira.

O estudo está baseado no tema comportamental “Luz”, vista como algo que ilumina, transforma e complementa, influenciando a arte, as cores e as festas da cultura popular.

Ao inspirar as pequenas e grandes ideias do cotidiano, a luz preenche a casa com cores que transmitem alegria, energia e calor humano, dando vida aos ambientes.

Alabaster

Alabaster, a cor de 2016 para Sherwin-WilliansNa sequência, a gerente de Marketing da Sherwin-Williams, diretora do Color Marketing Group para a América Latina e membro do comitê técnico da Associação Pró-Cor do Brasil, Patrícia Fecci, apresentou a cartela de tendências de cores da marca para 2016.

Patrícia explicou que a nova coleção foi desenvolvida para inspirar o estreitamento das relações humanas e da priorização do contato mais próximo e caloroso entre as pessoas.

Os temas das quatro cartelas são: “Pura Vida”, “Mais Amor Por Favor”, “Nova Narrativa” e “Trajetória”, que totalizam 34 cores.

Além dessas tendências, Patrícia apontou a Alabaster como a cor do ano. Selecionada na paleta “Pura Vida”, ela representa o simples, o singelo, o bem-estar e uma atmosfera pura, que oferece um oásis de calmaria, espiritualidade e um alívio visual. É um tom off-white discreto e, ao mesmo tempo, sedutor.

Patrícia ressaltou que a Sherwin-Williams está sempre encorajando as pessoas a perderem o medo de usar cor em suas paredes brancas. No entanto, a cor branca, muito debatida, tem uma história profundamente enraizada com os significados simbólicos, mensagens e associações que transmitem às pessoas algo profundo.

Ouro Monarca

O workshop foi encerrado pela arquiteta e apresentadora do programa “Olho Mágico”, do GNT, Leila Bittencourt, que exibiu o catálogo Colour Futures 2016, estudo global de cores da Coral.

De acordo com a marca, o Ouro Monarca é a cor deste ano. Trata-se de um ocre-dourado levemente brilhante que traduz o conceito “Olhando para os dois lados”. Esse tema, que norteia todo o Colour Futures 2016, mostra as vantagens tanto da tradição quanto da inovação e indica que, ao se contemplar o passado, é possível projetar o futuro.

Cor do Ano Suvinil: Ouro Monarca

A tonalidade Ouro Monarca é uma transição do tom laranja-acobreado do ano anterior (Sombra de Cedro) e pode ser associada aos beges, marrons e amarelos, além de tons suaves de azul.

Segundo Leila, ouro e dourado estão sendo usados em diversas áreas do design e da arquitetura. Bastante versátil, o tom combina com outras tonalidades, criando diferentes efeitos e se adequando a vários estilos de decoração.

A coleção deste ano da Coral é formada por 45 tons das famílias dos vermelhos, amarelos, violetas, laranjas, azuis, verdes e neutros. Os especialistas do estudo observaram que levar em consideração opiniões e pontos de vistas divergentes nunca foi tão relevante. Os opostos, inclusive, são vistos em todas as tendências do Colour Futures 2016: “Tradição e Futuro”, “Palavras e Imagens”, “Claro e Escuro” e “Estrutura e Liberdade”.

Opiniões de profissionais

O arquiteto Roberto Espírito Santo elogiou a organização do evento da Politintas. “A empresa sempre nos traz muitas informações da nossa área. É fundamental participar desses encontros, pois tudo muda com muita velocidade. Adorei as tendências, principalmente as paletas mais terrosas, muito presentes em meus projetos. Essa questão da natureza, do contato com a terra, tem tudo a ver comigo”, afirmou.

A designer de interiores Ana Paula Brasil também aprovou a proposta de unificar as apresentações das três fabricantes de tinta. “Conseguimos ter uma visão geral das principais tendências e nos inspiramos para novos trabalhos. Cor é fundamental nos meus projetos, ela reflete a personalidade e a forma de ver o mundo de cada um. As paletas estão lindas”.

 

Sorteio

Ao final da apresentação, o diretor-executivo da Politintas Vinicius Ventorim sorteou dois colorímetros (aparelho que identifica a cor de amostras) entre os convidados. As ganhadoras foram: a arquiteta Daniela Coutinho Bissoli e a estudante de Design de Interiores Tamiris Nogueira Muzini. Todos os participantes também levaram para casa brindes da Suvinil, Sherwin-Williams e Coral.

No Facebook da Politintas você confere quem esteve no workshop “Tendências de Cores 2016”!

Já viu essas notícias?