Dicas para escolher as cores das paredes

Quer mudar a pintura das paredes, mas não sabe que cor escolher? Então confira as dicas de pintura que preparamos para você!

Escolher as cores que vão decorar os ambientes é uma das dúvidas mais comuns na hora de mudar o visual da casa. Afinal, hoje em dia há uma grande variedade de cores disponíveis e muitas pessoas têm medo de errar e não gostar do resultado final da pintura.

Mas mudar a cor de uma parede ou de um ambiente é uma tarefa muito simples, que você mesmo pode fazer, e o resultado sempre é surpreendente. Aproveite as dicas do designer de interiores Vinícius Morais e da arquiteta Fernanda Calazans e deixe a sua casa mais colorida, alegre e cheia de energia!

 

Quais as principais tendências de cores?

Fernanda Calazans: “Tons terrosos e cores pastel estão em alta. Cores mais vibrantes aparecem nos tons de amarelo, azul, laranja, mas sempre utilizando pigmentos de preto para dar uma quebrada no tom puro da cor, o que chamamos de cores queimadas, trazendo aconchego e tranquilidade”.

Vinícius Morais: “Em publicações internacionais, mostras e lançamentos de marcas, percebemos o uso de tons mais queimados na decoração, tanto terrosos, como mais puxados para os neutros. Os tons de rosa seco estiveram super em alta na Feira de Milão deste ano”.

 


Como usar cores mais vibrantes?

 Fernanda Calazans: “Devemos tomar alguns cuidados: iluminação natural faz toda a diferença em ambientes com cores vibrantes. Ambientes que recebem sol da tarde precisam de atenção especial, pois algumas cores, como o vermelho e o amarelo, aumentam ainda mais a sensação de calor. Para criar composições harmônicas, é necessário entender um pouco do círculo cromático. Uma dica simples para criar essas composições é começar pelas cores complementares: o roxo é complementar do amarelo, o laranja é complementar do azul… Para usar em ambientes, o ideal é que a pessoa goste das cores isoladamente. Caso não goste de alguma cor, não utilize só por uma questão de tendência. Outra dica é que ambientes de dormir precisam criar uma atmosfera tranquila, então evite usar cores vibrantes com pigmentos puros”.

Vinícius Morais: “Para harmonizar tons vibrantes, é importante sempre compor uma cartela de cores que associe a esses tons alguma cor mais neutra, para propor pontos visuais nos quais nossos olhos possam descansar”.

 

Foto: Roger Patrocínio

 

É importante avaliar a iluminação do espaço?

 Fernanda Calazans: “Sim, muito importante. As cores mudam de acordo com a iluminação natural, artificial e quando elas estão próximas a outras cores. Um mesmo tom de cinza pode parecer mais azulado ou não, tudo vai depender do que estará próximo a ele e do tipo de iluminação que recebe. Sempre que vamos pintar um ambiente, o ideal é realizar o teste de cores nele, pois uma mesma casa recebe insolação em diferentes escalas”.

Vinícius Morais: “Sim, é fundamental. Cor é luz! Também é importante pensar no efeito desejado. Cores trazem sensações e proporcionam experiências dentro dos espaços. É um conjunto que deve ser respeitado para a cor ser bem representada”.


Outras dicas para uma pintura sem erro

Fernanda Calazans e Vinícius Morais: “Uma boa dica para decorar a casa sem errar na pintura das paredes é contar com a ajuda de profissionais qualificados para fazer a especificação de cores, como um designer de interiores ou arquiteto. É muito importante fazer testes de cores em cada ambiente, além de comprar materiais de qualidade”.

Foto: Roger Patrocínio

 

Dica da Politintas: que tipo de tinta escolher?

Hoje em dia, há praticamente um tipo de tinta para ser usada em cada um dos ambientes da casa. Então, na hora de pintar o seu lar doce lar, conte com os nossos especialistas.

Contato – Vinícius A. Morais
https://www.instagram.com/pedireitoduplo

Contato – Fernanda Calazans Medeiros
contato@casahabitada.com
(27) 98135-3312

 

Já viu essas dicas?