Como contratar um pintor?

Contratar um bom pintor não é uma tarefa fácil. Por isso, preparamos algumas dicas sobre o que você deve fazer na hora de contratar esse profissional. Procurar referências de trabalhos anteriores é uma delas.

Cada vez mais, tem crescido o número de pessoas que dispensam a ajuda de um profissional na hora de pintar suas casas ou escritórios e preferem elas mesmas renovar o visual dos ambientes. Uma dúvida muito frequente desses novos pintores é por onde começar o trabalho: parede, teto, rodapé, portas ou janelas?

O primeiro passo é procurar referências do pintor e conhecer o trabalho dele a partir de outras pessoas que já o contrataram. Também é preciso estar atento à experiência do profissional. Pergunte se ele faz cursos de capacitação e se tem conhecimentos técnicos sobre as tintas.

Depois de selecionar alguns nomes, é necessário fazer um orçamento completo do serviço, incluindo valor, tempo do trabalho e cálculo da quantidade de material, para evitar contratempos. Lembre-se que preço não é tudo. A qualificação profissional é muito importante.

Assim que o negócio for fechado, faça um contrato entre você e o pintor, que incluirá o prazo para conclusão do serviço, o valor e a forma de pagamento. O documento deve ser assinado por ambos. Tomando esses cuidados você ficará bem mais tranquilo quanto à execução correta da pintura, sem imprevistos e dores de cabeça.

Já viu essas dicas?